Como fazer pão sem glúten na máquina

Fazer pão sem glúten na máquina de pão não é um a ciência exata, é uma arte! Clima, qualidade e temperatura dos ingredientes, tamanho da forma e – acredite – até forças misteriosas do além podem atrapalhar o resultado da melhor receita do mundo. #oremos

Segue uma lista com minhas dicas favoritas sobre como evitar um desastre na hora de assar pão sem glúten na máquina. Anota aí!

pão sem glúten

    • Antes de mais nada você vai precisar de uma boa receita. Mas como saber qual receita funciona melhor? Experiência própria: todas receitas que levavam farinha de arroz BRANCO e muita quantidade de fécula de batata (1/2 xícara é mais do que suficiente) foram um desastre. Procure por receitas ou mix de farinha pronta que tenham ingredientes ricos em proteína, fibras e que sejam mais saborosas, como: farinha de arroz INTEGRAL, farinha de amêndoas, de milho e tapioca para citar algumas.
    • Mesmo que você esteja usando uma máquina dita “automática”, às vezes elas precisam de uma mãozinha. Sempre misture todos os ingredientes secos antes de adicioná-los à máquina de pão. Isso garante uma massa mais uniforme.
    • Para melhores resultados, siga a sequência de colocação dos ingredientes na máquina. Eu geralmente coloco os líquidos primeiro, assim a máquina incorpora melhor as farinhas.
    • Dê uma conferida na massa durante o ciclo de mistura. Se precisar, use uma espátula de silicone e raspe as laterais para incorporar alguma farinha que não se misturou bem a massa.
    • Depois que o ciclo de mistura acabar, não abra mais a máquina! O pão não vai assar mais rápido só porque você fica abrindo e olhando pra ele! Pelo contrário! Se você ficar abrindo a porta do forno ou da máquina há grandes chances dele solar ou “batumar”, como se diz aqui no sul!
    • Se o pão afundar, isso pode indicar uma massa muito úmida. Use menos líquido da próxima vez!
    • O clima também pode afetar diretamente o desempenho das farinhas. Se você mora num lugar muito úmido ou o dia está chuvoso, experimente adicionar um pouco menos líquido do que a receita pede (uma ou duas colheres a menos). Durante o ciclo da mistura, fique de olho na consistência da massa e se precisar, adicione mais algumas colheres água quente.
    • Pouco líquido na receita pode deixar a massa pesada e quebradiça.
    • Receita sem ovos? Lembre-se que pães sem glúten feitos sem ovos não crescem muito em máquinas de pão, ele geralmente será mais denso.
    • Ovos ligeiramente batidos (antes de serem colocados na máquina) deixam a massa mais leve e macia.
    • Use ingredientes na temperatura ambiente SEMPRE! Isso vale para qualquer receita. Ingredientes frios inibem o fermento e reduzem o crescimento da massa.
    • Se a sua máquina de pão não tem um ciclo sem glúten, tente usar um ciclo rápido. Eu uso o ciclo de pão integral.
    • Uma vez que o pão estiver pronto, remova-o da máquina e da forma. Os vapores que se formam com o esfriamento do pão dentro da máquina, deixam ele borrachudão.

E se mesmo com todas essas dicas, o seu pão sem glúten de máquina não der certo, fique tranquila! Corte em fatias, coloque no processador, faça farinha de rosca sem glúten e… tente outro dia! ;-)

18

Aug

  1. Mirta 18/08/2014 às 15:02

    Santas dicas vanessa . Agora vou tentar coloca-las em pratica aqui em casa pois nuncaaaa consegui um pão sem glutem com a linda aparencia deste teu , sem falar no sabor , hahahahah
    Então oremos , beijos e obrigada

  2. Juliana 18/08/2014 às 21:14

    MInha mãe dizia que eu tinha que escrever um livro de receitas e no rodapé de cada receita, o que fazer caso a receita desse errado. Amei a dica Van!!!

  3. NAIARA RITA DOS SANTOS 20/08/2014 às 12:46

    Muito útil este post.
    Algumas dicas já tinha aprendido por experiência própria, mas confesso que fiquei com trauma da maquina de pão rsrsrs
    Quando comprei achei que iria ser a salvação dos meus problemas, pão feito por mim com ingredientes que conhecia, mas no final não foi tão fácil assim…cada vez que faço fico esperando a surpresa que vai sair de dentro da máquina. #oremos

    bjoos, obrigada!! amo teu blog!!!

  4. cristiane 24/08/2014 às 16:27

    Conheci somente hoje seu blog mas confesso que me apaixonei…dicas muito boas, receitas deliciosas….fiz reeducação alimentar já há mais de 2 anos e mantenho meu peso , mas me apaixonei pelo assunto, esse ano faço Enem para testar meus conhecimentos pois quero cursar nutrição……ja estou te seguindo no INSTAGRAM tbm….. parabéns pelos post

  5. cristiane 24/08/2014 às 16:30

    Han esqueci de dizer que emagreci 12 kg……super indico apreender a comer….e como vc mesmo diz não há Milagres e sim Força de Vontade…. Parabéns

  6. Joseli Araujo 27/08/2014 às 11:27

    Achei sei blog ontem procurando uma receita com grão de bico, e não paro de ler amei suas receitas!!

  7. Carol Mota 31/08/2014 às 15:47

    Vanessa

    Também tenho uma panificadora e sempre faço essa receita e sempre dá certo, mas claro sempre atentando a estas dicas que falaste, pois dependendo do clima pode haver algumas alterações no formato e no gosto.

    E a receita que eu sempre sigo é essa?

    Pão com Linhaça e Liga Neutra sem Glúten (Ciclo Sem Glúten – 2h:10min)

    Ingredientes para pães de 600g:

    1 copo de leite ou água (morno)
    1 ovo
    2 colheres (sopa) margarina (eu uso azeite de oliva, colocando meia colher a mais)
    1/2 colher (chá) de sal (eu coloco 1 colher cheia)
    2 colheres (sopa) de mel
    1 colher (chá) de vinagre
    1 1/4 copo de creme de arroz (eu uso farinha de arroz mesmo, mas já fiz com creme de arroz e dá certo igual)
    1 copo de polvilho doce
    1/2 copo de fécula de batata
    1/2 copo de farinha de soja (Já fiz sem e também dá certo)
    1/2 copo de semente de linhaça (A semente de linhaça para ser melhor absorvida pelo organismo precisa ser moída/triturada, então eu passo no liquidificador mesmo antes de colocar na receita e já troquei a linhaça pela chia e a receita dá certo também)
    3 colheres (chá) de liga neutra (liga para sorvete) (Já troquei pela Goma Xantana e pelo CMC só trocando a medida por 2 colheres)
    2 colheres (chá) de fermento biológico seco instantâneo

    Modo de Preparo:
    1.Retirar a fôrma de assar de dentro da Panificadora.
    2.Adicionar todos os ingredientes na ordem acima.
    3.Recolocar a fôrma de assar na Panificadora.
    4.Escolher o Ciclo: Opção 6
    5.Fechar a tampa.
    6.Pressionar o botão INICIAR/PARAR.

    Desculpa pelo tamanho do comentário, mas sei como é difícil achar receitas sem glúten que deem certo de primeira tentativa e por isso resolvi compartilhar. ;)

    • Vanessa Musskopf 02/09/2014 às 17:08

      ADOREIIIII! Obrigada por compartilhar!!!!

      • Carol Gatelli 11/11/2014 às 00:57

        Carol Mota, fiz essa receita e deu super errado! Tenho quase certeza que é em função do ciclo rápido, pois a minha máquina não tem a opção do ciclo para pão s/ glúten. Indica a opção 4, rápido. Só que nessa opção o descanso é só de 5 minutos. A massa não cresce, fica pesada e quase batumada. Vi que a V
        anessa falou em fazer no ciclo integral, mas esse é de 3 hrs e 40 minutos, tipo 2 horas a mais que o ciclo rápido, será que dá certo?

        • Vanessa Musskopf 11/11/2014 às 09:24

          Oi Carol! Certeza que foi isso!! Tem q usar o ciclo longo pra massa poder descansar e crescer!!
          Beijão!!

  8. Nara Pinheiro 08/11/2014 às 10:34

    Oi Vanessa, adorei o seu blog… juntas venceremos, afinal não é fácil levar uma vida saudável, quando praticamente passamos a vida toda fazendo de forma não favorável. Mas temos que acordar e nos amar mais… vamos tirar essa palavra que nos limita “dieta”… vamos colocar vida saudável e educação alimentar = vida longa. Um grande beijo e parabéns por esta ajudando tantas pessoas a se cuidarem mais.

  9. Leonardo 28/12/2014 às 16:12

    Olá, preciso de ajuda.
    Minha esposa está com intolerância ao gluten e comprei uma máquina de pão da britânia para fazermos pão. Só que já seguimos 3 receitas da internet e todas elas terminam da mesma forma. O pão não cresce. Fica solado, igual borracha.

    Aguardo uma ajuda… :)

    • felipe rodrigues vieira 09/06/2015 às 21:00

      Leonardo, minha esposa também tem intolerância ao glúten e eu sofri para achar uma receita boa. Na verdade eu não encontrei, mas com muitas experiências eu criei uma receita que ficou melhor do que todas as receitas que eu fiz. Se quiser tentar e ver, segue:
      Ingredientes:
      1 ¼ do copo de leite morno
      2 ovos
      2 colheres de sopa de óleo
      1 ½ do copo de farinha de arroz
      1 ½ do copo de polvilho doce
      1 colher de chá de sal
      5 colheres de sopa de açúcar
      2 colheres de sopa de fermento biológico seco
      Modo de fazer:
      Coloque o leite morno, o óleo e os ovos ( misture os ovos ) na forma da panificadora. Em uma vasilha misture todos os ingredientes secos e depois coloque na forma. Use o ciclo 7 (ultra rápido) na cor média. Foi o melhor que eu consegui até agora, não precisa congelar e nem colocar na geladeira se for consumir em 2 dias. Ficou ótimo, é só o que eu faço.
      Espero que te ajude.

  10. Alessandra 30/12/2014 às 22:39

    Carol Mota, eu também faço está receita que você citou, porém preciso de uma dica, pois acho que a massa fica um pouco pesada, gostaria que ficasse mais leve. Vou tentar fazer no ciclo 6, hoje faço no ciclo 4. Talvez possa ser isso. Faz um mês que adotei uma dieta sem glúten e estou sempre pesquisando novas receitas. Bjs

  11. silvia 12/05/2015 às 08:42

    Gostaria de saber se alquem tem uma receita para a máquina de pão que seja utilizada a farinha pronta ROSITOS especial sem glutem, que fique boa, pois todas a receitas que encontro são com as misturas e ficam muito pesadas na máquina de pão.