Semana do Picolé: coco, gengibre e limão

Nesse calor, nada melhor do que um picolé! Os de fruta são uma opção saudável para matar aquela vontade louca por um doce. E se forem caseiros, então, melhor ainda: sem açúcar ou conservantes químicos.

Durante toda essa semana vou ensinar algumas receitas práticas para você fazer em casa! Picolés pra comer sem culpa, afinal cada ingrediente tem uma função super bacana para o nosso organismo. O de hoje leva o mel, gengibre, coco e limão. O mel é antibacteriano, o gengibre termogênico e anti-inflamatório, o coco é uma fonte de gorduras boas e o limão é um super antioxidante! Então, não perde mais tempo e vem comigo!

picolé coco e limão
Ingredientes:
3 xícaras de leite de coco (pode de vidrinho, mas dê preferência ao caseiro!)
5 colheres de sopa de mel
1/2 xícara de suco de limão
Gengibre ralado a gosto

Modo de fazer:
Coloque todos os ingredientes no liquidificador (ou numa tigela e misture com mixer) por mais ou menos 5 minutos. Despeje nas forminhas e congele!

07

Mar

Manual do Suco Verde: Liquidificador ou Juicer?

Comparar juicer com liquidificador é o mesmo que comparar pilates com corrida. Ou seja, nessa guerra não existe um vencedor. Ambos são ótimos e super saudáveis, embora com prós e contras diferentes. Mas antes de falar sobre cada um, vamos conversar um pouco sobre fibras!

A gente já tá careca de saber que as fibras são um ingrediente indispensável para nossa saúde. Elas aumentam a sensação de saciedade e também são aliadas contra uma simples prisão de ventre até o câncer. E tem mais: são fundamentais na absorção de certos nutrientes pelo nosso organismo. Mas, o que poucas pessoas sabem é existem dois tipos de fibras: as solúveis e insolúveis e que elas apresentam funções diferentes dentro do nosso corpo. 

Fibras solúveis:

Levam esse nome porque se misturam com água, formando uma espécie de gel. Elas tornam a digestão mais lenta (alô sensação de saciedade!!) e também reduzem a absorção de glicose e gorduras. Ou seja, ajudam a regular os níveis de colesterol e açúcar no sangue, podendo contribuir no controle e na prevenção de doenças como a diabetes.

Fibras insolúveis:

Estimulam o bom funcionamento do intestino e previnem desde uma simples prisão de ventre até o câncer de reto.

Agora sim, a gente pode falar das diferenças entre o Juicer e o Liquidificador, porque basicamente eles só alteram o suco no quesito fibras (no preço também… mas isso é outro papo!!). Dá só uma olhada!

juicer X liquidificador

Para se fazer um copo de suco – no juicer – são necessários de 600gr até 1kg de frutas e legumes!!! Quem aí consegue comer tudo isso numa única refeição? É muita vitamina num gole só, dessa forma, os juicers são ideias para detox (devido a sua super densidade nutricional). E por deixarem de fora boa parte das fibras, são ótimos para as pessoas com sistemas digestivos muito sensíveis que não toleram um elevado teor de fibra na dieta. 

Aqui em casa o liquidificador é REI! Além de ser mais fácil de limpar, o suco verde feito no liquidificador é rico em fibras e ajuda o intestino a funcionar direitinho, evita picos de glicemia no sangue, além de nos deixar satisfeitos por mais tempo, o que é ideal para o emagrecimento

E você, como faz seu suco verde de cada dia?

01

Mar