Antes e depois: massagem modeladora e drenagem

A foto que estou de cinza foi tirada em Abril, no auge dos meus 75 kg não uniformemente distribuídos em 1,74 metros de altura. Já a foto que você vê ao lado foi tirada cerca de 2 meses depois. Emagreci, certo? Mais ou menos…

Na segunda foto, eu havia reduzido apenas 2 kg do montante de 15 que eu engordei em um ano. Então qual foi o segredo? Photoshop? Não! Drenagem linfática e massagem modeladora! Essas duas técnicas combinadas não emagrecem, mas auxiliam nos tratamentos para o emagrecimento.

A minha dieta (ou melhor, filosofia!) segue a linha funcional e, por isso, reduzi o glúten, a lactose e o consumo de latinhas, pacotinhos e caixinhas da minha alimentação. Também passei a consumir produtos orgânicos e a fazer detox com suco verde. Dentro dessa mudança de estilo de vida, as drenagens atuaram como facilitadoras da detoxificação do meu organismo.

Já a massagem modeladora – como o próprio nome diz – ajudou a modelar o meu corpo. Mais vigorosa que a drenagem, ela dói um pouco, sim, mas dá para aguentar. E foi por causa dela que é possível notar a diferença entre uma foto e outra. Apesar da pouca perda de peso, a redução de medidas é evidente e o efeito psicológico de se sentir mais magra é recompensador!

E a celulite?

Eu sabia que vocês iriam perguntar sobre isso! Dieta e perda de peso não implicam necessariamente em diminuição da celulite, mas massagem SIM! Minha experiência foi muito satisfatória e o aspecto casca de laranja diminuiu MUITO. O combo dieta + massagens QUASE fez milagres! ;-) 

A  minha recomendação é que você procure uma boa clínica ou fisioterapeuta especializado, como eu fiz. Nada de sair fechando pacote a preço de banana em sites de compras coletivas! O barato pode sair caro.

05

Dec

Do dia: Chá de Hibisco e Melancia

Quem segue a Santa no Facebook, ficou sabendo em primeira mão, uma receitinha de Melancia, suco de limão e água com gás. Uma delícia! Mas eu não me dei por satisfeita enquanto não acabei com aquela Melancia. Sabe como é, né? Resolvi então testar um suco que experimentei num restaurante aqui de São Paulo: Suco de Melancia com Chá de Hibisco.

Confesso que eu nunca tinha ouvido falar do tal chá de Hibisco, até que ele despontou como novo queridinho no auxilio do emagrecimento.  Infelizmente, os estudos não são conclusivos a respeito dessa função, mas os efeitos diurético, digestivo e laxativo (devido a alta concentração de fibras) podem estar associados à perda de peso. O que se sabe com certeza a respeito dessa florzinha é que ela é rica em antocianina – pigmento da família dos flavonoides -, que tem ação antioxidante e anti-inflamatória. Além disso, é fonte de vitamina C e livre de cafeína.

Algumas indicações do hibisco:

  • Hipertensão
  • Colesterol – estudos mostram que as taxas de triglicérides, colesterol total e LDL colesterol eram menores no grupo que usava o extrato de hibisco se comparado aos que não usavam.
  • Tosse
  • Seborreia – reduz a secreção de óleos das glândulas capilares.
  • Dor de estômago – as enzimas e mucilagens presentes na planta agem no estômago, facilitando a digestão.

Mas atenção:  o Hibisco próprio para fazer chá é o Hibiscus sabdariffa e não o Hibiscus rosa-sinensis, que é uma flor ornamental. Pelo amor de Deus, não me saiam arrancando os Hibiscos da casa da sua avó para fazer chá! Comprem em lojas de produtos naturais, supermercados ou de fornecedores confiáveis.

Suco de Melancia e Chá de Hibisco

Com sabor suave de fruta e um leve azedinho no final, o chá de hibisco é excelente para tomar bem gelado! Prepare a bebida na proporção de uma colher de sopa cheia de hibisco para um litro de água.

  1. Esquente a água até as primeira bolhinhas começarem a subir. Desligue o fogo.
  2. Acrescente o Hibisco e deixe descansar para liberar a cor.
  3. Coe e coloque na geladeira.
  4.  Corte 4 fatias de melancia e tire as sementinhas. Tirar as sementinhas é tipo penitência! Aff… Santa paciência!
  5. Coloque no liquidificador, acrescente o chá gelado e bata bem!

P.S. Um detalhe importante: como o hibisco tem efeito diurético é preciso ficar atento à perda de potássio. Consulte um nutricionista para saber a quantidade exata que você pode tomar!

04

Dec